Dados Técnicos para EWAH-TZPSB

EWAH370TZPSB2 EWAH440TZPSB2 EWAH530TZPSB2 EWAH610TZPSB2 EWAH690TZPSB2 EWAH770TZPSB2
Capacidade de arrefecimento Nom. kW 371 435 532 606 692 779
Controlo da capacidade Desodorizante   Variável Variável Variável Variável Variável Variável
  Capacidade mínima % 16.7 14.3 11.7 10 10 12.8
Potência nominal Arrefecimento Nom. kW 102 121 137 163 186 217
EER 3.62 3.58 3.86 3.7 3.72 3.58
ESEER 5.18 5.46 5.23 5.34 5.34 5.54
Dimensões Unidade Profundidade mm 7,683 9,483 7,683 8,583 9,483 11,283
    Altura mm 2,537 2,537 2,537 2,537 2,537 2,537
    Largura mm 2,258 2,258 2,258 2,258 2,258 2,258
Peso Peso em funcionamento kg 5,982.4 7,023 6,656.8 7,636.2 8,289.4 8,661.2
  Unidade kg 5,741.4 6,722 6,364.8 7,140.2 7,804.4 8,208.2
Permutador de calor da água Tipo   Armação e tubo Armação e tubo Armação e tubo Armação e tubo Armação e tubo Armação e tubo
  Volume de água l 241 301 292 496 485 453
Permutador de ar Tipo   Microcanal Microcanal Microcanal Microcanal Microcanal Microcanal
Fan Caudal de ar Nom. l/s 251,251.0 314,064 251,251.0 282,658.0 345,470.0 376,877.0
  Velocidade rpm 760 760 760 760 760 760
Compressor Quantidade_   2 2 2 2 2 2
  Compressor-=-Type   Driven vapour compression Driven vapour compression Driven vapour compression Driven vapour compression Driven vapour compression Driven vapour compression
Nível de potência sonora Arrefecimento Nom. dBA 100.3 100.8 103.24 104.21 104.24 103.7
Nível de pressão sonora Arrefecimento Nom. dBA 78.85 78.75 81.78 82.45 82.2 81.14
Fluido frigorigéneo Tipo   R-1234(ze) R-1234(ze) R-1234(ze) R-1234(ze) R-1234(ze) R-1234(ze)
  GWP   7 7 7 7 7 7
  Circuitos Quantidade   2 2 2 2 2 2
Carga Por circuito kg 316.4 395.5 408.8 459.2 561.4 613.2
Circuito de refrigeração Carga kg 90.4 113 116.8 131.2 160.4 175.2
Alimentação eléctrica Fase   3~ 3~ 3~ 3~ 3~ 3~
  Frequência Hz 50 50 50 50 50 50
  Tensão V 400 400 400 400 400 400
Compressor Método de arranque_   Inverter Inverter Inverter Inverter Inverter Inverter
Notas (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0 (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0 (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0 (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0 (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0 (1) - Todos os desempenhos (Capacidade de arrefecimento, potência absorvida no arrefecimento e o EER) baseiam-se nas seguintes condições: evaporador 12,0/7,0°C; ambiente 35,0°C, unidade com funcionamento em plena carga, líquido de funcionamento: água, factor de entupimento = 0
  (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador (2) - Os valores referem-se à queda de pressão apenas no evaporador
  (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 (3) - O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1
  (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade. (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade. (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade. (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade. (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade. (4) - O nível de pressão do som é medido através de um microfone a 1 metro de distância da unidade.
  (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard (5) - A capacidade mínima indicada é referente à unidade em funcionamento na condição Eurovent standard
  (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido. (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido. (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido. (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido. (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido. (6) - As dimensões e os pesos são meramente indicativos e não vinculativos. Antes de criar a instalação, consulte os esquemas oficiais disponíveis da fábrica, sob pedido.
  (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções. (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções. (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções. (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções. (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções. (7) - Todos os dados referem-se à unidade standard sem opções.
  (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. (8) - Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%.
  (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. (9) - Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque.
  (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. (10) - Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores.
  (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores (11) - A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores
  (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. (12) - A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida.
  (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1 (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1 (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1 (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1 (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1 (13) - Corrente máxima para medição dos fios: (amperes em carga total dos compressores + corrente dos ventiladores) x 1.1
  (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados. (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados. (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados. (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados. (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados. (14) - Para os dados elétricos do kit hidrónico, consulte a secção "Dados técnicos das opções" no livro de dados.
  (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade. (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade. (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade. (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade. (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade. (15) - Todos os dados estão sujeitos a alterações sem aviso prévio. Consulte os dados na placa de características da unidade.
  (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). (16) - Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS).
  (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo (17) - O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo
  (18) - Fluido: Água (18) - Fluido: Água (18) - Fluido: Água (18) - Fluido: Água (18) - Fluido: Água (18) - Fluido: Água
  (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. (19) - O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade.