EWYQ075G-XR EWYQ085G-XR EWYQ100G-XR EWYQ110G-XR EWYQ120G-XR EWYQ140G-XR EWYQ160G-XR
Nível de pressão sonora Arrefecimento Nom. dBA 62 65 66 68 68 67 67
Limite de funcionamento Lado do ar Arrefecimento Mín. ° CBs -10 -10 -10 -10 -10 -10 -10
      Máx. ° CBs 45 45 45 45 45 45 45
    Aquecimento Máx. ° CBs 20 20 20 20 20 20 20
      Mín. ° CBs -17 -17 -17 -17 -17 -17 -17
  Lado da água Aquecimento Mín. ° CBs 25 25 25 25 25 25 25
      Máx. ° CBs 50 50 50 50 50 50 50
    Arrefecimento Máx. ° CBs 15 15 15 15 15 15 15
      Mín. ° CBs -10 -10 -10 -10 -10 -10 -10
Carga Por circuito kg 17.0 17.7 23.5 29.4 28.3 32.0 34.9
  Por circuito TCO2Eq 35.5 36.9 49.1 61.4 59.1 66.8 72.9
Compressor Óleo Volume carregado l 6.80 8.10 9.30 11.5 13.6 13.1 12.6
  Quantidade_ Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll Compressor de tipo scroll
Aquecimento de espaços geral Outro Controlo de capacidade 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9
Peso Peso em funcionamento kg 888 951 1,118 1,224 1,254 1,374 1,441
  Unidade kg 880 942 1,107 1,213 1,243 1,363 1,424
Permutador de ar Tipo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo Alheta de elevada eficiência e tipo de tubo
Geral Detalhes do fornecedor/fabricante Nome e endereço Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe Daikin Applied Europe
  Descrição do produto General-=-Product description-=-Low temperature heat pump Não Não Não Não Não Não Não
Nível de potência sonora LW(A) (de acordo com EN14825) dB(A) 80 82 84 86 86 86 86
Fluido frigorigéneo Circuitos Quantidade 1 1 1 1 1 1 1
  Refrigerant-=-Refrigerant type 2,087.5 2,087.5 2,087.5 2,087.5 2,087.5 2,087.5 2,087.5
Motor do ventilador Entrada Aquecimento W 2.3 2.3 2.3 3.0 3.0 3.8 3.8
    Arrefecimento W 2.3 2.3 2.3 3.0 3.0 3.8 3.8
  Accionamento Directo on-line Directo on-line Directo on-line Directo on-line Directo on-line Directo on-line Directo on-line
Capacidade de arrefecimento Nom. kW 75.2 (1) 84.5 (1) 95.0 (1) 111 (1) 120 (1) 139 (1) 155 (1)
Ligações de tubagens Piping connections-=-Evaporator water inlet outlet od 2" 1/2 2" 1/2 2" 1/2 2" 1/2 2" 1/2 2" 1/2 2" 1/2
Permutador de calor da água Volume de água l 8.10 9.40 10.8 10.8 10.8 10.8 16.7
  Perda de carga de água Arrefecimento Nom. kPa 7.90 7.70 7.60 10.5 12.1 16.4 17.5
    Aquecimento Nom. kPa 9.50 9.10 11.2 14.4 17.2 21.7 22.5
  Fuga de água Arrefecimento Nom. l/s 3.6 4.0 4.5 5.3 5.7 6.7 7.4
    Aquecimento Nom. l/s 4.0 4.4 5.3 6.1 6.7 7.5 8.2
  Material de isolamento Chapa forjada Chapa forjada Chapa forjada Chapa forjada Chapa forjada Chapa forjada Chapa forjada
Potência absorvida Arrefecimento Nom. kW 27.7 (1) 32.7 (1) 38.6 (1) 41.5 (1) 47.4 (1) 52.8 (1) 61.5 (1)
  Aquecimento Nom. kW 26 (2) 29 (2) 34 (2) 39 (2) 43 (2) 50 (2) 54 (2)
Nível de potência sonora Arrefecimento Nom. dBA 80 (4) 82 (4) 84 (4) 86 (4) 86 (4) 86 (4) 86 (4)
Dimensões Unidade Largura mm 1,195 1,195 1,195 1,195 1,195 1,195 1,195
    Profundidade mm 2,826 2,826 2,826 3,426 3,426 4,026 4,026
    Altura mm 1,800 1,800 1,800 1,800 1,800 1,800 1,800
Controlo da capacidade Capacidade mínima % 50 44 50 44 50 43 50
  Method Passo Passo Passo Passo Passo Passo Passo
Estrutura Colour Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado Folha de aço galvanizado e pintado
Aquecimento de espaços Clima médio, saída da água 35 °C Condição A (-7° CBs/-8° CBh) PERd % 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0
      Pdh kW 53.9 59.5 73.1 83.5 91.6 103.2 112.3
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-A Condition (-7°CDB/-8°CWB)-=-Copd 2.50 2.47 2.61 2.60 2.58 2.50 2.48
    Condição C (7° CBs/6° CBh) Pdh kW 28.0 33.2 35.4 37.9 36.4 41.1 44.7
      PERd % 37.0 40.0 34.0 31.0 27.0 27.0 27.0
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-C Condition (7°CDB/6°CWB)-=-Copd 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9
    Condição D (12 °CBs/11 °CBh) Pdh kW 12.0 14.2 15.2 16.3 15.6 17.6 19.2
      PERd % 13.0 14.0 12.0 10.0 8.3 8.1 8.2
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-D Condition (12°CDB/11°CWB)-=-Copd 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9
    Capacidade suplementar pot. calorífica nominal Psup (a Tdesign -10 °C) kW 26.2 35.3 27.6 25.0 12.4 13.2 14.0
    Geral Consumo anual de energia kWh 49,231 59,098 57,504 62,371 58,987 68,347 73,151
      Ƞs (Eficiência sazonal de aquecimento de espaços) % 131 129 142 140 142 138 140
      A -10°C kW 79.9 94.7 101 108 104 117 127
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-General-=-Scop 3.35 3.31 3.62 3.58 3.63 3.53 3.58
    Condição B (2 °CBs/1 °CBh) Pdh kW 43.1 51.2 54.5 58.3 60.4 68.0 74.0
      PERd % 65.0 70.5 60.0 55.0 48.0 49.0 49.0
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-B Condition (2°CDB/1°CWB)-=-Copd 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9 0.9
    Tbiv (temperatura bivalente) Pdh kW 58.4 65.6 77.6 87.2 91.6 103.2 112.3
      PERd % 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0
      Tbiv °C -3 -2 -4 -5 -7 -7 -7
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-Tbiv (bivalent temperature)-=-Copd 3.22 3.20 3.27 3.16 2.95 2.86 2.84
    Tol (temperatura-limite de funcionamento) PERd % 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0 100.0
      WTOL °C 45 45 45 45 45 45 45
      Pdh kW 53.6 59.4 73.3 82.9 91.2 103.5 112.9
      TOL °C -10 -10 -10 -10 -10 -10 -10
      Space heating-=-Average climate water outlet 35°C-=-Tol (temperature operating limit)-=-Copd 2.46 2.44 2.59 2.56 2.55 2.48 2.45
Ventilador Diâmetro mm 450 450 450 450 450 450 450
  Caudal de ar Nom. l/s 7,859 7,859 7,101 9,468 9,468 11,835 11,835
  Velocidade rpm 1,108 1,108 1,108 1,108 1,108 1,108 1,108
  Quantidade Hélice directa Hélice directa Hélice directa Hélice directa Hélice directa Hélice directa Hélice directa
Capacidade de aquecimento Nom. kW 82.2 (2) 91.2 (2) 110 (2) 127 (2) 138 (2) 156 (2) 170 (2)
Cop 3.85 3.90 3.79 3.92 3.76 3.86 3.79
Ventiladores Corrente de funcionamento nominal A 6 6 6 8 8 10 10
Compressor Corrente de funcionamento máxima A 62 67 73 81 89 104 119
  Limite de tensão Mín. % -10 -10 -10 -10 -10 -10 -10
    Máx. % 10 10 10 10 10 10 10
  Tensão V 400 400 400 400 400 400 400
  Fase 3~ 3~ 3~ 3~ 3~ 3~ 3~
Alimentação eléctrica Limite de tensão Máx. % 10 10 10 10 10 10 10
    Mín. % -10 -10 -10 -10 -10 -10 -10
  Frequência Hz 50 50 50 50 50 50 50
  Tensão V 400 400 400 400 400 400 400
  Fase 3~ 3~ 3~ 3~ 3~ 3~ 3~
Unidade Corrente máxima da unidade para medição dos fios A 77 83 89 100 109 128 144
  Corrente inicial Máx. A 213 264 270 319 327 367 381
  Corrente ativa Arrefecimento Nom. A 54 60 65 71 80 90 103
    Máx. A 70 75 81 91 99 116 131
Notas Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total. Arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. ar ambiente 35°C; funcionamento em carga total.
  A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total A capacidade de aquecimento, a potência absorvida e o COP baseiam-se nas seguintes condições: ambiente 7 °C; condensador 40,0/45,0 °C, unidade com funcionamento em carga total
  O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825 O valor SCOP baseia-se nas seguintes condições: Tbivalente -3 °C, Tdesign -10 °C, condições ambiente médias, Ref. EN14825
  Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa Pot.sonora(evap.12/7°C,amb.35°C, func. em carga tot.)de acordo com a ISO9614 e Eurovent8/1. A certificação apenas diz respeito à pot.sonora geral, sendo que a pressão sonora é calculada a partir do nível de pot.sonora e utilizada apenas para efeitos de info, não se considerando vinculativa
  Fluido: Água Fluido: Água Fluido: Água Fluido: Água Fluido: Água Fluido: Água Fluido: Água
  Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS). Para mais informações sobre os limites de funcionamento, consulte o Software de seleção do chiller (CSS).
  O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade. O equipamento contém gases fluorados que provocam efeito de estufa. A carga real de fluido frigorigéneo depende da construção da unidade final, podem ser encontradas informações nas etiquetas da unidade.
  Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%. Tolerância de tensão permitida ± 10%. O desequilíbrio da tensão entre fases tem de ser ± 3%.
  Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque. Corrente máxima de arranque: corrente de arranque do compressor maior + corrente dos outros compressores à carga máxima + corrente dos ventiladores à carga máxima. No caso de unidades accionadas por inverter, não é verificada entrada de corrente no arranque.
  Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores. Corrente nominal no modo de arrefecimento: temp. da água de entrada do evaporador 12°C; temp. da água de saída do evaporador 7°C; temp. do ar ambiente 35°C. Compressor + corrente dos ventiladores.
  A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores A corrente de funcionamento máxima baseia-se na corrente máxima absorvida do compressor no seu invólucro e na corrente máxima absorvida dos ventiladores
  A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida. A corrente máxima da unidade para medição dos fios baseia-se na tensão mínima permitida.
  Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1 Corrente máxima para medição dos fios: amperes em carga total do compressor x 1,1
  O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo O nível de pressão sonora é calculado a partir do nível de potência sonora e é apenas informativo e não vinculativo
  O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1 O nível de potência sonora (referente a evaporador 12/7°C, ambiente 35°C, funcionamento em plena carga) é medido de acordo com as normas ISO 9614 e Eurovent 8/1
  Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511) Os desempenhos da unidade dizem respeito às condições de funcionamento ideais reproduzíveis em ambiente de teste de laboratório de acordo com as normas da indústria reconhecidas (i.e. EN14511)
  O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica O peso e as dimensões são indicativos, para obter valores específicos, consulte os esquemas certificados emitidos pela fábrica
  Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados Para obter informações específicas sobre opções adicionais, consulte a secção de opções do livro de dados