Daikin planeia a construção de um complexo de desenvolvimento inovador em Ghent

O foco está no Desenvolvimento e Produção de tecnologias na Europa - Para o mercado Europeu

A Daikin Europe N.V. (DENV), subsidiária europeia da Daikin Industries Ltd., e líder na área das soluções de climatização, elegeu Ghent como a nova localização do EDC - Centro de Desenvolvimento da EMEA (Europa, Médio Oriente e África).

A atual sede do EDC em Ostend e a filial em Ghent atingiram o seu limite. A UE é uma das pioneiras no que diz respeito às iniciativas de neutralidade climática, nomeadamente através do Pacto Ecológico Europeu (com vista a acelerar a descarbonização). É precisamente nesta área que o EDC desempenha um papel único, através da investigação e do desenvolvimento de alternativas energeticamente eficientes e inovadoras às soluções de aquecimento tradicionais, novas tecnologias de bombas de calor e soluções para cadeias de frio (produtos alimentares e farmacêuticos).

O EDC necessita de capacidade adicional, câmaras de teste e instalações de investigação maiores e equipadas com as tecnologias mais recentes. Por estas razões, está planeada a construção de um complexo de desenvolvimento inovador no Wetenschap Park da Universidade de Ghent na segunda metade de 2021. O novo e alargado EDC é muito importante para a DENV, tendo em consideração o aumento do desenvolvimento de novas tecnologias.  


Necessidade de instalações adicionais

Desde a fundação do Centro de Desenvolvimento da EMEA da Daikin em Ostend, em 2012, a plataforma de investigação europeia líder registou uma expansão explosiva com, entre outros, centros de satélite em Ghent, Pilzen (República Checa), Güglingen (Alemanha) e Hendek (Turquia).

Kazuhide Mizutani, Diretor-Geral do EDC: "Atualmente, estamos a trabalhar com quase 220 colaboradores de investigação e desenvolvimento nas nossas filiais em Ostend e Ghent. O aumento foi de 140% desde a fundação do EDC em 2012. Desde o início, expandimos a nossa infraestrutura de investigação e criámos câmaras de teste adicionais para o controlo de temperatura. Tudo isto resultou da procura crescente de alternativas energeticamente eficientes às soluções de aquecimento tradicionais. Se pretendemos permanecer na vanguarda das necessidades do mercado e da clara orientação da Europa em prol do respeito pelo ambiente, é crucial expandir."

O crescimento do mercado da investigação é sobretudo motivado pela mudança internacional com vista à descontinuação a longo prazo dos sistemas de aquecimento que funcionam com combustíveis fósseis. Os combustíveis fósseis começam a escassear e há uma motivação global para reduzir as emissões de CO2. Através do Pacto Ecológico Europeu (aceleração da descarbonização), a Europa está a desempenhar um papel pioneiro nesta área e a promover alternativas energeticamente eficientes às soluções de aquecimento tradicionais.

Com as suas bombas de calor, a Daikin dispõe de uma tecnologia inovadora que oferece uma alternativa energeticamente eficiente que respeita o ambiente. A proporção das bombas de calor no mercado do aquecimento está a aumentar consideravelmente. Para além disso, a indústria também procura cada vez mais soluções para cadeias de frio (produtos alimentares e farmacêuticos, basta pensar nas tão esperadas vacinas para a COVID-19) e novas tecnologias de bombas de calor. Também aqui, o EDC é fulcral em termos de investigação e desenvolvimento na Europa.


Ghent = localização ideal

Na sequência de um estudo sobre a nova localização ideal para a sede do Centro de Desenvolvimento da EMEA, a Daikin Europe N.V. passou a considerar o Parque de Ciência da Universidade de Ghent.

Inserida no Top 100 das universidades, a Universidade de Ghent (UGent) dispõe de um reconhecido programa de doutoramento em "Engenharia Mecânica" e é assim uma fonte significativa de futuros colaboradores. A UGent e o EDC já trabalharam juntos e planeiam intensificar a sua colaboração nas novas instalações na área das novas tecnologias de aquecimento, Internet das coisas (Internet of Things) e Inteligência Artificial.

Investimento planeado com um valor total de 140 milhões de € no Parque de Ciência da Universidade de Ghent em Zwijnaarde

O novo edifício consiste em duas partes: instalações de teste e espaço de escritório. As instalações de teste, com uma área total de cerca de 4000 m2, serão das mais avançadas do tipo ao nível mundial. Serão instaladas as câmaras de compatibilidade eletromagnética (EMC) mais modernas, assim como câmaras de teste para, entre outros, análise de partículas específicas, descargas e materiais. A Daikin planeia a implementação do novo edifício em conformidade com as normas de eficiência energética mais avançadas, incluindo edifícios de praticamente zero-energia (nZEB) e um certificado BREEAM Excelente.

 
A área de escritório corresponderá a cerca de 13 000 m2 e acomodará aproximadamente 500 colaboradores. A Daikin Europe N.V. espera empregar cerca de 380 colaboradores no Centro de Desenvolvimento da EMEA até 2025. O restante espaço no edifício de escritórios pode ser ocupado pelos colaboradores da Universidade de Ghent ou outras empresas de investigação.

O trabalho de preparação deverá começar no final do verão de 2021. A intenção é inaugurar o edifício de teste em maio de 2023 e começar a utilizar a área de escritório no final de 2023.

ghent_dev-complex.jpg

Estreita cooperação com os parceiros sociais

A Daikin Europe N.V. tenciona levar os
colaboradores para o novo espaço de trabalho nas melhores condições possíveis. A administração informou os parceiros sociais dos respetivos planos no âmbito da reunião do Conselho de Empresa. Será determinado em conjunto de que modo a relocalização poderá decorrer da forma mais natural possível, com especial atenção às áreas de preocupação e foco dos colaboradores e parceiros sociais, de acordo com a tradição da empresa.

O Centro de Desenvolvimento da EMEA também prosseguirá com a sua busca incessante de perfis de investigação e desenvolvimento interessantes.

 

Para obter informações adicionais:

Daikin Europe N.V.
Hilde Goossens

 

Dados da empresa

A Daikin Europe N.V. em Ostend é a sede das atividades de investigação, desenvolvimento, vendas e produção da Daikin Industries Ltd. A partir de Ostend, a empresa serve o mercado Europeu e parte da África e do Médio Oriente. Enquanto sede na EMEA (Europa/Médio Oriente/África), a Daikin Europe N.V. é responsável por um quarto do volume de negócios consolidado do Grupo Daikin.

A empresa registou um volume de negócios de 3 mil milhões de euros em 2019, sendo que a Daikin Europe N.V. emprega mais de 12 000 colaboradores na região EMEA. A fábrica em Ostend é uma das mais avançadas do género, com uma área total de cerca de 140 000 m2.